Spirulina, o que é, pra que serve, como utilizar?

A Spirulina é uma cianobactéria, mundialmente conhecida como uma alga verde-azulada, capaz de realizar fotossíntese. Ela é encontrada em lagos, rios com pH elevado, em águas alcalinas. Os Astecas a utilizavam, mas foi a NASA quem a popularizou, utilizando a como fonte nutricional para seus astronautas. Além disso, a organização Mundial de Saúde (OMS) a elegeu como o “alimento do milênio”. Quer saber o por quê?

Para que serve a Spirulina?

A Spirulina é extremamente nutritiva, podendo ser consumida por seres humanos e até mesmo outros seres vivos. Por isso, serve como um complemento para sua alimentação, a fim de manter o organismo saudável e equilibrado.

A Spirulina é rica em vitaminas B, D, E e K, antioxidantes, minerais e outros microelementos. Ela tem 58 vezes mais ferro que o espinafre; 30 vezes mais betacaroteno que a beterraba; 15 vezes mais ferro que o feijão; 8 aminoácidos essenciais, além dos não essenciais.

Além disso, 70% de sua composição é proteína, e desses, aproximadamente 98% são absorvidos pelo corpo. Dessa forma, a Spirulina pode ser usada como suplemento dietético seguro e eficaz, inclusive para evitar a desnutrição. Por ter um teor proteico tão alto, pode ser muito bem utilizada por vegetarianos e veganos, que necessitam suplementação de aminoácidos essenciais.

Quais os Benefícios da Spirulina?

São inúmeros os benefícios da Spirulina. Dentre eles podemos listar alguns, como:

  • Contém ômega 3, 6 e 9, o que a torna anti-inflamatória;
  • Combate os radicais livres, por meio de sua grande quantidade de antioxidantes, vitaminas e minerais.
  • É rica em clorofila, e consequentemente uma fonte de magnésio;
  • Capacidade de quelar e elimina metais pesados;
  • Baixa os níveis de colesterol ruim ao corpo;
  • Auxilia no processo de emagrecimento;
  • É ótima para que deseja ganhar massa magra, boa para os músculos, devido o alto teor de proteínas;
  • Pode ajudar a controlar a glicemia e pressão arterial;
  • Estimula a flora intestinal, bactérias boas.

Esses e muitos outros benefícios provam que a Spirulina é realmente um super alimento, que pode te ajudar a alcançar uma boa saúde e consequentemente um bom rendimento nas suas atividades cotidianas.

Spirulina Emagrece?

Se deseja perder peso, saiba que nenhum alimento fará isso isoladamente por você. Nada que você ingerir vai aumentar a queima de gordura de forma significativa. Mas a Spirulina pode ser utilizada para auxiliar o processo de emagrecimento. Por quê?

A Spirulina possui uma grande quantidade de proteínas. Por isso, sua digestão é lenta, causando uma sensação de saciedade maior e por mais tempo, o que irá reduzir o apetite. Além disso, tal efeito está relacionado com a melhora da ação da leptina, que é o hormônio responsável pelo controle do apetite. Devido as ações antioxidante e anti-inflamatória da Spirulina, outros efeitos benéficos da Spirulina podem ser obtidos. Ademais, alguns estudos mostram que ela ativa a lipase lipoproteica, que atua na ‘quebra de gordura’.

Segundo a Nutricionista Izabella Vilchenski, “um estudo publicado recentemente, comprovou que a Spirulina pode atuar como auxiliar no processo de emagrecimento. Esse resultado é derivado da ação de uma substância presente na Spirulina (ficocianobilina), capaz de inibir uma enzima (NADPH) que atua no metabolismo dos lipídeos. Como resultado, temos uma redução do estresse oxidativo dos adipócitos e da resistência à insulina”.

“…estudo publicado recentemente, comprovou que a Spirulina pode atuar como auxiliar no processo de emagrecimento…”

NUTRICIONISTA Izabella Vilchenski (CRN-PR-8-13136)

Como consumir?

A Spirulina pode ser manipulada em farmácias de manipulação na forma de cápsulas, por exemplo. Seu padrão de consumo de consumo diário é de 4 a 6 cápsulas de 500 mg ou de 2 a 3 gramas por dia.
A opção das Cápsulas de Spirulina 500mg é excelente para quem passa muito tempo fora de casa, por exemplo, em viagens. As cápsulas também são indicadas quem possui um paladar mais restrito. Quando manipulada em pó, você pode sentir um gosto ruim no início.

Caso prefira a Spirulina na forma de pó, ela pode ser misturada com queijo, cacau em pó, pode ser adicionada em lanches, sucos, frutas, bebidas. Neste caso, comece com doses pequenas e prefira consumi-la no período diurno. Dessa forma, será possível mascarar parcialmente seu sabor indesejado e se acostumará com mais facilidade ao seu consumo in natura. Mas tome o cuidado para não a cozinhar, pois ao aquecer a Spirulina, você pode anular parte dos seus nutrientes e, consequentemente, seus benefícios.

Efeitos Colaterais da Spirulina.

Para não sofrer esses contratempos, busque saber a origem, a procedência do produto. Pois, efeitos secundários podem aparecer devido ao cultivo Spirulina. Ademais, algumas medicações imunossupressoras pode ser neutralizadas com seu uso, podendo interferir também no efeito de alguns anticoagulantes e anti-inflamatórios não hormonais.
Outros possíveis efeitos colaterais são:
1. Sensação de febre, causada pelo alto teor de proteínas que eleva o metabolismo;
2. Sonolência, por conta da sua incrível capacidade de desintoxicar;
3. Insônia, resultado da conversão da sua parte proteica em energia térmica;
4. Quando contaminada, a Spirulina pode gerar vômito, náusea e sede;
6. Em casos raros pode causar reações alérgicas.

Qual o melhor horário para consumir?

Assim como qualquer medicação, a Spirulina deve ser consumida sob orientação de um profissional da área. Seja um nutricionista, médico ou farmacêutico. Em geral, a Spirulina deve ser ingerida pelos menos 40 minutos antes das grandes refeições (café da manhã, almoço ou jantar). Prefira a consumir no período diurno.

Mas, tudo depende do seu objetivo: se for desintoxicação, busque tomá-la pela manhã; para auxiliar no processo de perda de peso, a utilize antes dos horários que sente mais fome. Por exemplo: antes do almoço e no meio da tarde; se estiver precisando de energia, você pode fazer uso da Spirulina antes de iniciar as atividades físicas. Porém, para obter os resultados desejados, lembre-se: se for em cápsula, tome pelo menos 1 hora antes das refeições. Se for em pó, tome pelo menos 30 minutos antes. Enfim, você pode dividir as doses ao longo do dia, dependendo da sua necessidade, da quantidade e regularidade indicadas pelo seu médico.

Todos o podem tomar a Spirulina?

Para grávidas, crianças menores de 11 anos e insuficientes renais, a Spirulina somente deve ser utilizada com a prescrição de um profissional habilitado. Não deve ser consumida por fenilcetonúricos.

Quem tem pressão alta pode tomar Spirulina?

Se você tem a pressão arterial alta, a Spirulina não irá atrapalhar o efeito das suas medicações. Pelo contrário, ela irá te ajudar a ter uma melhor qualidade de vida. Por mais que não seja um remédio, a Spirulina é um superalimento, com efeitos nutracêuticos e funcionais excelentes. Por isso, muitos estudos científicos apontam que a Spirulina é capaz de previnir doenças, inclusive podendo melhorar aspectos fisiológicos nos quadros de pressão arterial alta. De qualquer forma, é importante que seu consumo faça parte de acompanhamento regular do seu médico.

Spirulina e Chlorella

A Chlorella é uma microalga e a Spirulina, como já citado é uma cianobactéria, que sobrevive através da fotossíntese. Ambas são comercializadas principalmente em cápsula, assim como em pó (forma in natura). Também são consideradas como alimentos dos astronautas quando estão em viajem espacial.

Juntas, Spirulina e Chlorella elas possuem benefícios?

Sim, elas possuem diversas vitaminas, mineraisaminoácidos proteínas, ômega 3 e outros nutrientes. Tais elementos o ajudam a manter uma boa saúde cardiovascular, mental, fortalece o sistema imunológioco, ajudando o corpo a produzir anticorpos, além de contribuir para o bom funcionamento do metabolismo. Por isso, são muito utilizadas antes da prática de exercícios físicos, para se obter o melhor desempenho.
Elas possuem uma incrível capacidade anti-inflamatória, o que ajuda na perda de peso, já que as inflamações impedem a perda de peso. Ela ajuda a controlar os níveis de açúcar, colesterol, controla o apetite e aumenta a saciedade


Você pode gostar...

Comentários no Facebook