Confira 4 dicas incríveis de alimentação saudável para crianças!

Proporcionar uma alimentação saudável para crianças é o sonho de muitos pais, mas há uma verdadeira resistência dos pequenos em relação aos legumes e vegetais. Além disso, os lanches e doces chamam muito mais a atenção infantil, o que compromete a nutrição adequada.

No entanto, refeições balanceadas são indispensáveis para o correto desenvolvimento das crianças. Deficiências nutricionais podem até atrapalhar o refinamento das habilidades cognitivas, enquanto o excesso de frituras e doces é responsável por sérios problemas de saúde, como a obesidade e a hipertensão infantil.

Continue a leitura deste artigo e veja 4 dicas para melhorar a qualidade da alimentação dos seus filhos!

1. Tenha horários para as refeições

Como você provavelmente sabe, qualquer coisa tira o apetite de uma criança. Quando estão brincando, por exemplo, elas passam horas e horas sem lembrar de se alimentar. Da mesma forma, pequenas “beliscadas” fora de hora comprometem a qualidade das refeições principais.

Se você deixar seu filho comer salgadinho meia hora do jantar, por exemplo, é pouco provável que ele se interesse pelo brócolis refogado. O problema é ainda mais sério quando esses lanches não são nada saudáveis. Por isso, outra dica é ter sempre à mão opções saudáveis, como frutas e sanduíches naturais.

2. Planeje um cardápio equilibrado

A alimentação saudável para crianças — e também para os adultos — exige uma boa dose de organização e planejamento. Afinal, com a correria do dia a dia, as soluções mais rápidas — que normalmente são as mais prejudiciais — acabam sendo inevitáveis se não houver um planejamento prévio do cardápio.

Por isso, uma dica valiosa é utilizar o sábado ou o domingo para planejar todas as refeições principais da semana. Faça composições variadas e insira pelo menos um representante de cada grupo nutricional em todos os pratos. Além de ajudar no equilíbrio das refeições, essa sugestão será útil para reduzir desperdícios na hora das compras.

3. Estimule a nutrição ativa e consciente

No momento da refeição, estimule a nutrição ativa e consciente do seu filho. A criança deve estar ciente do que está consumindo e por que aquilo é importante para a saúde. Dessa forma, levará essas lições por toda a vida, e não apenas como uma obrigação imposta pelos pais.

Para tanto, é fundamental que o momento da alimentação seja livre de distrações. Evite que a criança coma em frente à TV ou assistindo desenhos no tablet, por exemplo. O ideal é que esse seja um momento de interação familiar.

4. Dê o exemplo

Desde os primeiros meses de vida, a criança aprende tudo a partir da observação, principalmente de seus pais. É assim que ela adquire a fala, entende quais são os costumes da casa e sabe como se portar com educação. Da mesma forma, o exemplo na alimentação é fundamental.

De nada vale dizer que o seu filho precisa comer todos os vegetais se, no seu prato, não há nenhum. Quando têm modelos para se inspirar dentro de casa, as crianças se sentem mais motivadas a fazerem o mesmo.

Apesar de exigir comprometimento dos pais, a alimentação saudável para crianças é uma questão de hábito. Portanto, estabeleça horários, coloque limites para guloseimas e, principalmente, dê o exemplo na mesa. Assim, não só o seu filho, mas toda a família terá mais qualidade de vida.

Gostou do conteúdo? Então siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro de outras dicas como essas! Estamos no Facebook e no Instagram!

Você pode gostar...

Comentários no Facebook