9 benefícios da maca peruana para a saúde que você não sabia

De tempos em tempos, alguns produtos e princípios ativos chamam a atenção do mercado, especialmente por conta das propriedades que eles prometem oferecer para o bem-estar do organismo humano. Diante dessa realidade, você não pode deixar de conhecer os principais benefícios da maca peruana para a saúde que você não sabia.

Há poucos anos, essa planta crucífera era pouco conhecida do público geral, mas as suas propriedades estão despertando o interesse de pessoas comuns, médicos, atletas e nutricionistas, ajudando até mesmo no desempenho sexual. Ficou interessado? Então, não deixe de ler esse conteúdo!

Afinal, o que é a maca peruana?

A maca peruana, como falamos acima, é um tipo de planta da mesma família de diversos alimentos bem conhecidos dos brasileiros, como repolho, couve, nabo e mostarda. Ela é original do Peru, onde é bastante popular e cultivada há milênios pelos povos da região. O seu nome científico é Lepidium Meyenii, mas também é chamada de ginseng-peruano.

A parte utilizada com finalidade medicina é a sua raiz, que tem uma forma parecida com a de um rabanete. Mesmo crescendo quase exclusivamente nos Andes, diversos países já consomem a maca peruana em forma de suplemento, em pó ou em cápsula, que conseguem manter todos os seus incríveis benefícios para a saúde humana.

Qual a composição da Maca Peruana?

O grande diferencial da composição da maca peruana é que, basicamente, essa planta é absurdamente rica em diversos nutrientes que são essenciais e bastante positivos para a saúde do ser humano, tornando-a um alimento muito nutritivo, repleto de vitaminas, minerais, aminoácidos, gorduras saudáveis e muito mais.

São muitos os componentes positivos, com destaque, por exemplo, para zinco, cálcio, ferro, magnésio, potássio e muitos outros minerais. Os ácidos graxos essenciais são outro ponto forte, especialmente o badalado ômega 3, que ajuda a proteger o coração. Proteínas, carboidratos e fibras completam essa bela tabela nutricional.

Como devemos usar a maca peruana?

Embora os nativos possam usar a maca peruana da maneira natural, isso precisa ser feito adequadamente, para que ela não seja tóxica por conta de algumas substâncias. No entanto, para os estrangeiros, esse alimento pode ser consumido, com dissemos acima, em forma de cápsulas ou em pó, como um suplemento alimentar.

Se você optar pela alternativa em pó, é possível diluir em sucos, shakes, sopas ou outros líquidos. Frutas cítricas, por exemplo, podem potencializar os benefícios da planta. Na maioria das vezes, o recomendável é iniciar o tratamento com doses menores e, com o passar do tempo, que elas sejam aumentadas progressivamente.

Existe algum efeito colateral ou contraindicações?

Felizmente, a maca peruana vem se mostrando bastante segura quando consumida nas doses indicadas e muitos estudos não identificaram efeitos colaterais até o momento. No entanto, da mesma maneira que ocorre com qualquer outro complemento ou suplemento alimentar, é recomendável evitar o consumo em excesso.

A contraindicação, para alguns grupos, ocorre por conta da falta de pesquisas específicas com dados que comprovem sua segurança, como o caso de gestantes ou de mulheres que estejam amamentando. Também não devem consumir a planta portadores de alergias, doenças hepáticas, renais ou hormônio dependentes, como o câncer de mama.

Quais os principais benefícios da maca peruana?

1. Combate o diabetes tipo II

O diabetes tipo II é aquele que está relacionado com a síndrome metabólica e a obesidade, ou seja, que tem a ver com hábitos alimentares ruins e sedentarismo. Para essas pessoas, tudo começa com a resistência à insulina e a maca peruana parece agir positivamente não apenas nesse, mas também em outros mecanismos que podem desencadear a doença.

A planta tem, por exemplo, uma grande quantidade de fibras, que regulam a digestão e diminui a velocidade com que o nosso corpo absorve a glicose, chamada de índice glicêmico. Além disso, o consumo regular inibe a ação de uma enzima que agiria no processo digestivo, reduzindo inflamações associadas a doenças crônicas, como o DM II.

2. Promove o equilíbrio hormonal

O balanço hormonal é algo extremamente importante para o ser humano e, não à toa, vem sendo alvo de estudos e pesquisas para os mais variados profissionais de saúde, como endocrinologistas, nutrólogos, gastroenterologistas, nutricionistas e muito mais. Dentro dessa realidade, essa incrível planta pode ser muito benéfica.

Os hormônios têm a capacidade de atuar mesmo em concentrações muito pequenas, gerenciando inúmeras funções biológicas. O ginseng peruano parece agir positivamente sobre o hipotálamo e a pituitária, que são os centros do sistema endócrino e agem sobre as outras glândulas do corpo, como a tireóide, o pâncreas, os ovários e os testículos.

3. Contribui para o emagrecimento

O desejo de emagrecer é uma constante para boa parte das pessoas na sociedade atual, visto que estamos nos alimentando mal e, em linhas gerais, também estamos ficando cada vez mais estressados e sedentários. Embora a maca peruana não possa fazer milagres sozinha, ela pode ser um poderoso coadjuvante em uma melhora na qualidade de vida como um todo.

Mesmo sendo rica em carboidratos, que ajudam o organismo a produzir energia, a planta também tem outros componentes importantes, como as fibras, que auxiliam na regulação intestinal e promovem saciedade. Outro destaque é que o suplemento tem uma quantidade muito baixa de calorias, seja na forma de cápsula ou em pó.

4. Aumenta a vitalidade e longevidade

As pesquisas estão comprovando, cada vez mais, que a maca peruana pode ajudar na vitalidade e na longevidade de quem a consome. Estudos apontaram, por exemplo, que os povos consumidores da planta mantêm uma saúde de alta qualidade e vivem muito mais, chegando a médias similares as de países de primeiro mundo.

Os motivos para isso são diversos e podem incluir desde uma nutrição mais completa, visto que a maca contém vitaminas e minerais importantes, além de alguns componentes específicos, como o Ômega 3, que auxilia no combate às doenças cardiovasculares e na regulação dos níveis de colesterol.

5. Combate à osteopenia e osteoporose

Muitos estudos e especialistas vêm apontando que o consumo de leite e dos seus derivados por adultos deve ser evitado ou minimizado ao máximo, mesmo por quem não tem alergia à lactose, visto que, depois da infância, não produzimos mais a lactase, enzima responsável pela digestão desse tipo de carboidrato.

No entanto, isso acaba sendo um desafio, que é o de ter uma alimentação balanceada e com níveis adequados de cálcio na dieta, sem beber leite, comer queijos ou outros produtos lácteos. Nesse contexto, a maca peruana é muito vantajosa, pois é extremamente rica nesse mineral e ajuda no fortalecimento ósseo, prevenindo essas doenças.

6. Evita anemia e aumenta a imunidade

A anemia ferropriva é outro problema que muitas pessoas enfrentam, visto que podem ter uma predisposição genética para isso e, eventualmente, acabam não conseguindo uma alimentação rica em ferro. A maca peruana, por sua vez, tem excelentes níveis desse mineral, de aproximadamente 166 miligramas a cada 100 gramas.

Outra capacidade que essa incrível planta tem é a de fortalecer o sistema imune como um todo, preparando o organismo para combater enfermidades e enfrentar situações adversas. O seu consumo regular ajuda a combater a fadiga, faz o corpo funcionar melhor, dá energia e aprimora a resistência muscular.

7. Eleva os níveis de fertilidade

Como dissemos, o consumo da maca peruana ajuda a melhorar a função hormonal do organismo como um todo, fazendo com que o hipotálamo e a hipófise atuem de maneira mais eficiente e precisa. Dessa maneira, ambos os gêneros podem ser beneficiados, inclusive com o aumento dos seus níveis de fertilidade.

Uma pesquisa feita pela Universidad Peruana Cayetano Heredia conclui que os homens que suplementaram com a maca peruana obtiveram um aumento na qualidade e na quantidade do seu sêmen, com um maior número de espermatozoides. Já nas mulheres, o efeito notado foi uma diminuição da mortalidade dos óvulos.

8. Tem propriedades antioxidantes

O envelhecimento precoce é uma das grandes preocupações de diversas pessoas, que gastam fortunas em cremes e loções que prometem reverter ou atrasar esse processo. No entanto, os nutrientes da maca peruana podem fazer essa função com maestria, promovendo a saúde global por muito menos dinheiro.

A planta age protegendo as células de nosso organismo pela sua elevada concentração de antioxidantes, combatendo os temidos radicais livres. Dessa forma, você terá mais capacidade de regenerar os tecidos, mesmo que você tenha uma rotina estressante ou que faça séries de treinamentos muito pesados, por exemplo.

9. Melhora o desempenho sexual

Um dos efeitos benéficos mais celebrados da maca peruana é que ela parece aumentar a libido e desempenho sexual para ambos os sexos. A sua atuação sobre as glândulas adrenais, por exemplo, parece ter um efeito positivo na regulação do metabolismo e na promoção do aumento do desejo sexual.

No Peru, as pessoas usam a maca peruana para eliminar as disfunções sexuais. Para os homens, o consumo regular faz com que as ereções fiquem mais fortes e duradouras, potencializando a sensação de prazer. Por isso, a raiz está ficando cada vez mais popular em todo o mundo, particularmente nos EUA, Europa e Japão.

Agora que você já conheceu alguns dos principais benefícios da maca peruana, visite o nosso site e conheça a nossa linha de produtos para saúde e bem estar!

Você pode gostar...

Comentários no Facebook